24 julho 2006

Trocas II

Doei-lhe toda a minha
poesia
e roubei o beijo
que nunca me
daria


Keila Sgobi
21/07/2006

(Copyleft)

10 comentários:

  1. , doação e roubo de beijo. histórias de amor...

    , keila quando você comenta. ai clico no teu nome aparece seu perfil mas sem o link para seu blog. deve ter mudado algo...
    |beijos meus|

    ResponderExcluir
  2. Tem um poema meu que se chama "Terreno (e) Fértil" que em certo trecho diz:
    "se sonhos e lembraças tanto se parecem / fechemos os olhos que as viagens acontecem"

    Essa sua singlamente linda segunda troca me lembrou isso, algo como "escrevamos poesia que as viagens acontecem"

    obs: levado? só se for da breca, a inspiração nasceu puramente do jogo de palavras! Viu a divulgação do programa?

    bjssssssss

    ResponderExcluir
  3. doei
    de
    mim
    e
    não
    do eu


    bjo.

    ResponderExcluir
  4. Trocas 1,5

    Doei-lhe toda a minha
    poesia
    ...
    e ainda espero algo em troca
    ...

    ResponderExcluir
  5. Forte!! Ótima fase, Keila!!


    Beijos!!

    REMO.

    ResponderExcluir
  6. Cliquei no seu nome num comentário que vi. Não tinha o link do blog.
    Achei-o assim meio por acaso.
    Bonito por aqui.
    Voltarei sempre!

    ResponderExcluir
  7. Um beijo só?
    poesia doada.
    doída.

    Estrelas.

    ResponderExcluir
  8. a beijo roubado
    e poesia dada
    não se olham os (preten)dentes!

    ResponderExcluir