25 julho 2011

Melhor ninguém
do que alguém
a quem temer.

25/05/2011

19 abril 2011

Eu tinha raiva do amigo:
Contei-lhe, a raiva acabou.
Tinha raiva do inimigo:
Ocultei-lhe, ela aumentou.

Kurt Lewin?

01 março 2011

O Lápis novamente deslisa
na folha lisa de relações
nenhum caminho se avista
não se lêem canções.

Há, sim, um preenchimento
de tumultuadas emoções,
mas ouve-se o eco profundo
das insaciáveis obsessões.

O que existe é um buraco imenso
repleto de sofrimento
baseado na vida sentida
esquecido da vida vivida.


24/05/2004
Marília de Albuquerque

16 fevereiro 2011

Não era São Paulo

Não era São Paulo
o ar quente contaminando o
amanhecer;
o vento morno varrendo a cara com sono:
Não era São Paulo.

Não era São Paulo
às 6 da matina prever
o suor pingando do dorso
o corpo caindo em desgosto
o Sol queimando meu rosto
marcando o seu nascer.

Não era São Paulo.

Quem haveria de ser?

28 janeiro 2011

infelizmente
tem coisas
que SÓ VOCÊ
faz por VOCÊ MESMO...

24 janeiro 2011

Um pouco diário. Um pouco de tudo.
Nem poesia. Nem rima.
Um pouco de vida.

As pedras continuam pelo caminho, mas com outro vigor. É como se elas permanecessem num contínuo movimento de retorno.

Triturá-las gerará poeira...poeira que vai salpicar todo o meu caminho. Deixá-las no lugar é deixar. Empurrá-las gera deslizamentos que as trazem de volta.

Estes monstros e estrelas me acompanham. Ainda não sei qual a melhor maneira de lidar com todos. Mas estou disposta a descobrir e revelar.

31 dezembro 2009

"o apreço não tem preço
e eu vivo ao deus dará..."

09 setembro 2009

Buraco Negro Estrelar

Um buraco -
que novamente se abre e rasga tudo o que encontra
- negro
engolindo toda a poeira e estrelas
que
hão de brilhar
te engolir
e dominar!



- publicado anteriormente no blog de Sophie Calle. Veja mais em: blogsophiecalle.com.br

27 julho 2009

gosto

nenhum gosto do passado
é desprovido do sabor presente

01 março 2009

barrigotinha

barriguinha de tanquinho
deixa à mostra o umbiguinho

quando vira barril de chope,
brinca de esconde-esconde