11 setembro 2017

Flerte Virtual

E, de repente, teu sorriso surge
Em meio a mensagens rudes
Que confundem minhas emoções.

Os olhos que brilham e seduzem
Os lábios que cegam e conduzem
A experiências que nunca vivi.

Teu olhar me penetra
E, minha alma, atravessa
Fazendo-me ruir

Mas, antes do suspiro final,
Perco teu sinal:
O Wi-Fi não funciona aqui


27.06.2017
KSB

21 agosto 2017

Artista

Ele se mascara
Da vida
Intérprete:
Veste poesia
A todos
Entretém
Na madrugada,
Soturno,
Se despe
Eleva
O olhar:
Adiante,
Ninguém.



KSB
8.8.2017

23 julho 2017

Paranapiacaba


Cercada por sorrisos e olhares,
sinto o odor fúnebre da construção:
milhares de vidas ceifadas
em prol de suposta evolução.

Trabalhadores despencaram de penhascos
sem direito à extrema-unção;
indígenas que guiaram nossos passos,
assassinados sem compaixão.

Não há neblina que encubra
rios e vales de cor rubra
Vila que nasce da exploração
estaria fadada à extinção?

KSB
5.6.2017

25 junho 2017

Alucinação

José Castellano (Ag.Istoé)



Tua poesia
- Suicida -
Em meu peito
Faz morada.
São, meus lábios,
Trampolim
À derradeira 
Jornada.



Keila Sgobi de Barros
31.5.2017

17 junho 2017


KSB

Afeto calado:
Coração aquece
Enamorado

KSB

11.6.2017

26 maio 2017

Autoconhecimento




Foto: Vyacheslav Mishchenko








Ensimesmada
Sou eu mesma:
Do meu caracol,
Saio lesma.

KSB, 12.5.2017

26 abril 2017

Salvação

A verdade dói e cura
A mentira mata e anula.


08.07.2014
KSB

11 abril 2017



Imagem e ação:
você na mente
é amar de coração.


11.04.2017
KSB

17 março 2017

Da série Fibromialgia

Nascimento


E há tanta dor no prazer!
Nunca fui tão feliz, cansada e insatisfeita
Feliz com tudo, por tudo, em tudo
Cansada a cada segundo
Insatisfeita com a desorganização do mundo.


Keila Sgobi de Barros, 23.04.2013

09 fevereiro 2017


O universo nunca erra
Muito menos, prega peças
É a gente que, às vezes, foge
E faz escolhas “às cegas”.




05.02.2017
KSB