10 junho 2006

Nosso canto...

"Meu canto é meu canto
ao querer estar em teu canto.
encantada pelo teu encanto, eu canto
ao encontro do nosso canto"

Prevejo nosso canto
acariciado pelo vento de nossas asas
semeando os quatro cantos
desta terra mal fadada

asas que revoam juntas
por este concreto separadas
ecoando nossas vozes
nesta dolorosa jornada
propagando o amor poético

nosso canto imortal


Keila Sgobi
10/06/2006


(Copyleft)
Leia também "nosso canto", de Octávio Roggiero Neto.

4 comentários:

  1. [coral-de-letras],

    Beijos!
    :)

    ResponderExcluir
  2. Encantada! Semeie esse amor poético sim, por todos os cantos...

    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Esse canto é poesia! Perfeito!

    Bjão, Keila!

    ResponderExcluir
  4. Essa era uma coisa na qual, talvez, se devesse pensar...
    Mas... Quem pensa nisso, afinal? Quem escolhe de acordo com as conseqüências que pode suportar?
    Nos resta apenas desfurtar das conseqüências --ou sofrê-las! Pq há sempre algo a se desfrutar --e sempre rendem motivos pra sofrer...

    ResponderExcluir