06 maio 2006

Dedão Pedra Caminho Sapato

O caminho lá
tem suas pedras a enfrentar
por isso usamos sapatos
para dos pés cuidar.

Mas as pedras são espertas
e gostam de amolar
logo encontram um jetinho
de nos incomodar.

Pequeninas, de mansinho
saem a procurar
qualquer buraquinho
no sapato para entrar.

Eis que gasto ou folgadinho
O sapato dá uma brecha
basta somente um passinho
para a morada certa.


Keila Sgobi
maio/2005

(copyleft)

5 comentários:

  1. , pedras incertas, pedras espertas. pedras. pedras. pedras que amolam as solas de os pés.
    |beijos meus|

    ResponderExcluir
  2. Dores suportáveis. Bastaria descalçar o sapato
    para saná-las. Mas andamos sem tempo, com uma pressa que nos impossibilita de retirarmos as pedrinhas até chegarmos lá, mas estamos indo pra onde mesmo? Apenas os olhos no relógio e a constatação de que estamos atrasados.
    Keila, respiremos de vagar e comecemos sem medo e com humildade um caminho de renovação de nós mesmos!
    Aí veremos que nunca existiu o tempo perdido, já que a calma eternidade nos espera...

    ResponderExcluir
  3. Keila, li esse poema e ostei dimais, li carruagem e gostei mais ainda. Você tem uma forma gostosa de escrever. Terei que voltar mais vezes!

    ResponderExcluir
  4. Anônimo14:53

    Very best site. Keep working. Will return in the near future.
    »

    ResponderExcluir
  5. Anônimo14:57

    Hmm I love the idea behind this website, very unique.
    »

    ResponderExcluir