03 outubro 2006

Encaixe

O reconheço pelo cheiro
levado pela brisa
encontrando
:Aconchego

Encaixo os cachos em seus ombros
os lábios em seu rosto
o abraço em todos os traços

Me desfaço em sorriso
Intocado, inalterado
Rijo com sua presença
Esculpido e estampado

Eu me aqueço, me enrubesço
Perco a noção do tempo
Encontro-me no úmido de seus olhos
Nos seus lábios, meu desejo

E mesmo envolta
Completante-completada
Sou parte sem parelha
A sua já foi encontrada


Keila Sgobi
02/10/2006







9 comentários:

  1. Ah! Poemas desse tipo em excesso fazem mal... Meu médico mandou cortar...

    Mas sabe que isso me deu idéia prum escrito? =)

    =*

    ResponderExcluir
  2. , nestes momentos. perde-se a noção do tempo, do espaço. e se encontram...
    |beijos meus|

    ResponderExcluir
  3. http://www.itaucultural.org.br/index.cfm?cd_pagina=2132&cd_materia=2057
    Keila, acho que estarei lá no sábado e estou convindando outros escritores paulistanos também, sobretudo poetas. Caso você possa ir, avise-me, tudo bem?
    E se tiver como avisar a Rita Apoena, que também é paulistana, seria muito bom!
    Té mais!

    ResponderExcluir
  4. Keila, me acpncheguei na primeira estrofe, suspirei na segunda,tremi na terceira e gritei na quarta! Menina, que desepero esses últimos versos...
    Quer saber, vou fingir que eles não existes..No lugar deles diz:"Estou envolta
    Completante-completada
    Sou parte e sou toda
    Estou repleta, sou amada"

    seja, sorria!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Keila, a Czarina das Quinquilharias ficou de confirmar, a Débora vai comigo, o Carlos Vicente tem compromissos lá com o pessoal da Igreja e o Everton não respondeu nada ainda.
    Vê se convida mais pessoas, caso você vá mesmo, tudo bem?
    Pretendo estar lá com 1h a 45 min com antecedência.
    Té mais!

    ResponderExcluir
  6. somente hoje descobri um comenta´rio seu no destripando sons...putz! era só um rascunho, já que este blog está "desativado". Mesmo assim, obrigado pelo que vc por lá escreveu.

    ResponderExcluir
  7. Nem te conto quem poderia ter escrito esse poema... tocou fundo...

    ResponderExcluir
  8. uma entrega sem reservas. a confiança de quem ama. já vi uma foto assim.


    beijo.

    ResponderExcluir
  9. Eita que a mulé ta amando!!! Isso é muito bom!!!


    Beijos felizes por ti!!

    REMO.

    ResponderExcluir